Topo

Histórico

Categorias

Quais os riscos do exame de raios X para a criança?

Dr. Sylvio Renan

30/06/2019 04h00

Crédito: iStock

O exame de raios X é amplamente utilizado há bastante tempo, sendo útil para a visualização de estruturas internas e ajudar a diagnosticar lesões e outras disfunções. Mas apesar de bastante difundido em relação aos seus benefícios, sempre desperta dúvidas quanto aos efeitos negativos que a sua radiação pode gerar e, em se tratando de crianças, gera preocupação maior ainda nos pais.

O exame de raios X é comumente solicitado em situações de emergência, como em investigação de traumas, mas também pode ser indicado para avaliação de doenças agudas na região do abdômen e processos inflamatórios, por exemplo. Também é bastante solicitado na odontologia para analisar as raízes dos dentes.

Embora a radiação emitida pelos aparelhos, especialmente os mais modernos, seja segura, ele não é um exame para realizar rotineiramente, assim a primeira questão a analisar é a necessidade de sua indicação, que deve justificar a exposição à radiação. Sendo ele de fato necessário, é importante se assegurar dos cuidados exercidos nos serviços em relação a fatores de proteção, como tempo, volume de chapas e uso de coletes ou faixas de chumbo (quando possível).

No caso das gestantes, o exame de raios X deve ser totalmente evitado, excetuando casos extremos e sempre com proteção para o bebê.

À saber, a consequência da exposição à radiação, frequente e alta, é o desenvolvimento de câncer, mas isso não ocorrerá em situações esporádicas e nas doses praticadas nos exemplos citados acima.

Em caso de dúvidas, nunca deixe de questionar o médico. A segurança da criança começa na segurança das informações aos pais.

Sobre o autor

Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros é autor do livro "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses" e do livro “Pediatria Hoje”|Formado pela Faculdade de Medicina do ABC. Especializações e títulos pela Unifesp/EPM, Sociedade Brasileira de Pediatria e General Pediatric Service da University of California - Los Angeles (Ucla). Atuou por quase 30 anos no Pronto Socorro Infantil Sabará e foi diretor técnico do Hospital São Leopoldo, cargo que deixou para se dedicar ao seu consultório, a MBA Pediatria, e à literatura médica para leigos.

Sobre o blog

O objetivo deste blog é fornecer informações básicas relacionadas à área da pediatria. São abordados, de forma didática, temas que permeiam o universo da saúde da criança, como primeiros cuidados, doenças mais comuns, vacinação e alimentação. Desta forma, não visa receitar qualquer conduta médica, mas sim proporcionar conhecimento para que os visitantes tenham mais autonomia na escolha de um pediatra para seus filhos.

Blog do Pediatra